Recentemente, o ator Michael Clarke Duncan faleceu aos 54 anos. Há alguns meses, Duncan tinha sofrido parada cardíaca e seguia internado desde então. Segundo o site americano TMZ dificilmente o ator conseguiria se recuperar totalmente. Ele perdeu a respiração por mais de cinco minutos, antes que sua noiva Omarosa Manigault o ressuscitasse e, por conta disso, teve sérios problemas em alguns órgãos como rins e pâncreas.

Em São Paulo, a universitária Angelita Pinto morreu dentro da sala de aula, após também ter sofrido uma parada cardíaca. Em nota publicada na Folha.com, Sergio Timerman, diretor do laboratório de treinamento do InCor (Instituto do Coração) fala da importância das pessoas em reconhecer uma situação de emergência para agir corretamente. Saiba mais: http://bit.ly/P7jIRL